Nova Aquisição do blog – Samsung Galaxy S III + Unboxing

Finalmente! Nova Aquisição do blog – Samsung Galaxy S III + Unboxing

 

Esse post é mais um relato do que propriamente conteúdo para vocês, pelo menos vai ter o unboxing para quem curte ver.

Estava querendo trocar meu smartphone a bastante tempo já, mas a parte financeira não me permitir fazer isso, até que apareceu uma promoção no dia 04/09 onde o Galaxy S III estava de R$ 1.499 por R$ 999,00 no Extra e na Americanas. Não pensei duas vezes e comprei bendito.

samsung-galaxy-s-iii-preto

O celular é magnifico, leve, bonito, rápido e o tamanho é perfeito, pelo menos para mim que também não sou muito pequeno.

Comprei ele na cor preta e abaixo trago as configurações do aparelho:

Especificações

Sistema Operacional

Android 4.1.2 Jelly Bean

Tamanho

136.6 x 70.6 x 8.6 mm

Peso

133 g

Tamanho da Tela

4.8″

Velocidade Processador

Quad-core 1.4 GHz Cortex-A9

GPS

Sim

Conexão

Wi-Fi

Bluetooth

Sincronismo por Cabo

Navegador Internet

XHTML / HTML

Câmera

8MP

Câmera Secundária

1.9MP

Cartão de Memória

Tem Slot, mas não vem com cartão

Memória Interna

16GB

Claro que já existem aparelhos com qualidade e desempenho superior. Mas fiz alguns testes em jogos e o aparelho vai muito bem, fora que meu salto de qualidade foi gigantesco né trocando o Galaxy S de 1 Ghz por um celular Quad-Core.

 

Mas é isso galera, vai facilitar e muitos os testes de games para vocês visando os Gameplays e Vídeos e espero que ajude de um modo geral a melhorar a qualidade do blog.

Vejam agora o Unboxing do Samsung Galaxy S III e não liguem para minha voz, pois faz um mês já que estou tentando me curar e tá díficil!

[youtube id=”6b12Vrs6Dmc” width=”600″ height=”350″]

Abraços.

 

Android Zone.

 

Pressy, o botão físico que funciona como atalho em dispositivos Android

Com diferentes sequências de cliques, você pode fazer com que qualquer tipo de comando seja ativado imediatamente.

Com a grande popularização dos smartphones nos últimos anos, a tecnologia de telas sensíveis ao toque também caiu no gosto da grande maioria dos consumidores. Por conta disso, os botões físicos não estão muito na moda, sendo que sensores de gestos e até mesmo de movimentos oculares parecem ser a próxima aposta das grandes empresas de tecnologia.

Contudo, há situações em que os botões físicos podem ser muito práticos — o maior exemplo disso é para comandos imediatos, em que um clique desencadeia uma reação direta e sem preâmbulos. Pensando nisso, dois desenvolvedores dos Estados Unidos criaram um pequeno auxiliar para dispositivos Android, chamado Pressy.

Como você pode conferir no criativo vídeo acima, a ferramenta consiste em um pequeno botão que é conectado na entrada dos seus fones de ouvido. Quando ele estiver conectado, você pode programá-lo para reagir a diferentes comandos, como um clique simples ou dois longos, resultando nos mais diferentes atalhos.

Inúmeras possibilidades!

Pressy, o botão físico que funciona como atalho em dispositivos Android

Fonte da imagem:Reprodução/Engadget

Com isso, utilizando apenas alguns cliques, é possível tirar fotos instantâneas, visitar os seus sites preferidos automaticamente ou ligar para os seus parentes. Quando você quiser utilizar os fones de ouvido, basta conectar um adaptador, transformando o botão que normalmente troca as músicas na sua fonte de atalhos.

A ideia é tão bacana e atraiu tanta gente que os responsáveis pelo projeto conseguiram recolher a verba para produzir o Pressy em massa, que era de US$ 40 mil (cerca de R$ 80 mil), em apenas um dia. Até o fechamento desta notícia, o recolhimento de verba e encomendas já havia ultrapassado os US$ 230 mil (R$ 460 mil).

Caso você queira conhecer mais sobre o projeto ou realizar a compra antecipada da ferramenta,clique aqui e acesse a página do Pressy no Kickstarter.

Fonte: Tecmundo

IFA 2013 – Samsung Galaxy Note 3 é lançado oficialmente com tela de 5,7 polegadas e 3GB de RAM

Novo phablet da fabricante coreana traz novo design com toque refinado

IFA 2013 - Samsung Galaxy Note 3 é lançado oficialmente com tela de 5,7 polegadas e 3GB de RAM

Poucas horas depois de conhecermos o Sony Xperia Z1, a Samsung chamou as atenções para si na IFA 2013 em Berlim, Alemanha, para anunciar oficialmente o Samsung Galaxy Note 3. Depois de muitos meses de rumores e especulações, o Galaxy Note 3 é finalmente uma realidade!

O Samsung Galaxy Note 3 traz uma tela Super AMOLED de 5,7 polegadas com resolução Full HD (1080 × 1920) e densidade de 386 PPI. E como alguns rumores já apontavam, a Samsung anunciou o phablet em duas versões diferentes, assim como fez com o Galaxy S4. As variantes são 100% idênticas exteriormente, mas observando o interior os usuários poderão escolher entre uma versão com o recém-anunciado SoC Exynos 5420 Octa-Core baseado na tecnologia big.LITTLE da ARM com quatro núcleos Cortex-A15 com clock de 1.9GHz e quatro núcleos Cortex-A7 com clock de 1.3GHz, além da GPU com seis núcleos Mali-T628 rodando a 600MHz.

A segunda versão do Galaxy Note 3 traz um SoC Quad-Core Qualcomm Snapdragon 800 com clock de 2.3 GHz, além da GPU Adreno 330 rodando a 450MHz (dependendo do mercado). Além disso, o Galaxy Note 3 é o primeiro dispositivo móvel do mundo a ser equipado com 3 GB de memória RAM LPDDR3.

O design recebeu uma modificação positiva, para a parte traseira do Galaxy Note 3 a Samsung preferiu abandonar a camada HyperGlaze que vem usando sobre o plástico desde o lançamento do Galaxy S III, e agora adota uma capa macia e com textura, além do detalhe da costura que dá um toque refinado.

[youtube id=”kqfFIpnAfrs” width=”600″ height=”350″]
Na parte de software, o Galaxy Note 3 chega com o Android 4.3 Jelly Bean pré-instalado, a versão mais recente do Android, e a interface TouchWiz da Samsung. Como não poderia ser diferente, também foram apresentadas novas funcionalidades otimizadas para a caneta S-Pen, Air Command: Action Memo, Scrapbook, Screen Write, S Finder, Pen Window, S Note, Multi Window, Easy Clip, e Direct Pen Input. A Samsung manteve todos os modos de câmera inteligentes do Galaxy S4 e adicionou alguns novos: Drama Shot, Sound & Shot, Animated Photo, Eraser, Best Photo, Best Face, Beauty Face, HDR (High Dynamic Range), Panorama, Sports, Golf, Surround shot, Live effect.

Em termos de conectividade, o Galaxy Note 3 oferece suporte WiFi 802.11ac (a/b/g/n), além do sensor IR para uso como controle remoto através do serviço WatchON da Samsung. NFC, Bluetooth 4.0 + LE, e MHL 2.0 (com suporte para adaptador MHL padrão). Também estão presentes diversos sensores como acelerômetro, proximidade, giroscópio, barómetro, de temperatura e umidade.

O novo Galaxy Note 3 mede 151,2 x 79,2 x 8,3 milímetros e pesa 168g. E estará disponível em duas opções de armazenamento: 32GB e 64GB, ambas com possibilidade de expansão através de um slot microSD. Na parte das cores, os usuário poderão selecionar o seu dispositivo inicialmente em preto, branco ou rosa. A Samsung também anunciou as novas capas Flip e S View. Os novos dispositivos da Samsung estarão disponíveis no dia 25 de setembro. Enquanto isso, confira o vídeo em que o Note 3 é comparado lado a lado com o Note 2.

[youtube id=”pa7BmLX8rSY” width=”600″ height=”350″]

Fonte: Mobile Expert

IFA 2013 – Samsung lança oficialmente o Samsung Galaxy Gear

Relógio inteligente da fabricante sul-coreana é compatível com um número reduzido de aparelhos

IFA 2013 - Samsung lança oficialmente o Galaxy Gear

A Samsung finalmente lançou seu relógio inteligente Galaxy Gear em seu evento Unpacked 2013 Episode 2, realizado nesta quarta-feira (04). Evento este que aconteceu simultaneamente em Tempodrom, em Berlim e na Times Square, em Nova York, EUA.
O novo gadget funciona como um smartphone com recursos “básicos” no pulso do usuário, rodando claro, o Android. Na tela inicial, além de ver a hora, é possível executar alguns recursos através de apps nativos do aparelho como, fazer e receber chamadas, enviar sms, ler um e-mail, publicar em redes sociais entre outras possibilidades.
O Galaxy Gear é equipado com uma tela Super AMOLED de 1,6 polegadas com resolução de 320×320 pixels, processador Exynos de 800 MHz, 512 MB de memória RAM, 4 GB de armazenamento interno e uma câmera de 1.9 megapixels capaz de fazer vídeos em HD (720p). Além disso, ele possui Bluetooth 4.0, executa comandos de voz através do S Voice é conta com diversos aplicativos feitos exclusivamente para o gadget. Ele mede 36.8 x 56.6 x 11.1 mm, pesa 78.8 gramas e é feito de aço inoxidável.
A interação com o relógio é praticamente toda feita través de gestos, assim é possível alternar entre os aplicativos e recursos simplesmente deslizando o dedo para o lado – ao arrastar para baixo, a home do sistema é mostrada. O recurso S Voice ­– presente no aparelho – também permite executar várias tarefas como, definir um horário para alarme, ditar uma mensagem ou anotação, ver a previsão do tempo, entre outras funcionalidades, tudo isso sem usar as mãos.
Um dos recursos que a Samsung mais destacou na apresentação foi a integração com o também lançado Galaxy Note 3. Com isso, ao receber uma notificação no Galaxy Gear, por exemplo, basta tirar o phablet do bolso (ou da bolsa) para que a respectiva notificação seja apresentada instantaneamente em tela cheia. Todos estes recursos, segundo a própria Samsung, serão compatíveis com os modelos Galaxy S3, Galaxy S4, Galaxy Note 3, Galaxy Note 2 e Galaxy Note 10.1 Edição 2014.
O relógio Samsung Galaxy Gear começará a ser vendido no próximo dia 25 de setembro em diversos países (cerca de 140) e estará disponível em seis diferentes cores.
Abaixo você confere o vídeo hands-on feito pelo pessoal do Engadget:
[youtube id=”C8MOSti8Gp0” width=”600″ height=”350″]

Google anuncia o nome da próxima versão do Android – Android KitKat

Google anuncia o nome da próxima versão do Android, o Android KitKat, versão 4.4.
Puchai publicou no Twitter e no Facebook foto do mascote do Android 4.4 em formato de KitKat Foto: Divulgação
Puchai publicou no Twitter e no Facebook foto do mascote do Android 4.4 em formato de KitKat
Foto: Divulgação

O Google anunciou nesta terça-feira que o Android 4.4 vai se chamar KitKat, como a barra de chocolate da Nestlé. O anúncio foi feito pelo vice-presidente sênior do Android, Sundar Pichai, no Twitter e em seu perfil do Google+.

 

“Voltando da Ásia, fiquei empolgado de encontrar esse cara esperando para me cumprimentar no jardim da frente – adorei a nova estátua #AndroidKitKat e mal posso esperar para lançar a próxima versão da plataforma que é tão boa quanto o chocolate, um dos favoritos de nossa equipe :)”, escreveu o executivo.

 

Tremendous, que fabricou a estátua para o campus do Google em Mountain View, mostrou making of do boneco Foto: Divulgação
Tremendous, que fabricou a estátua para o campus do Google em Mountain View, mostrou making of do boneco
Foto: Divulgação

Pichai ainda anunciou nas redes sociais que o Android atingiu a marca de 1 bilhão de ativações. O vice-presidente sênior do sistema operacional mobile do Google afirmou que esteve na Ásia visitando parceiros do Android e adiantou que há “muito mais” novidades previstas por fabricantes para apresentação na IFA, em Berlim, de 6 a 11 de setembro.

 

À BBC, o diretor de parcerias do Android, John Lagerling, afirmou que o acordo entre o Google e a Nestlé, dona da marca Kit Kat, não inclui pagamento de nenhuma das partes. A ideia de Mountain View, segundo ele, era fazer algo “divertido e inesperado”.

 

A Nestlé, por sua vez, fabricará 50 milhões de barras de Kit Kat com embalagens especiais, em que o robô mascote do Android aparece comendo um chocolate. Haverá vales em algumas embalagens valendo créditos para a loja Google Play e para tablets Nexus 7. Serão 19 países a receber as barras, o Brasil entre eles, ao lado de Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Índia e Rússia, por exemplo. Haverá, ainda, barras do chocolate especiais, no formato do mascote do Android.

 

Origem da ideia
Desde 2009, quando o Google criou a Open Handset Alliance, todas as versões do Android ganham nomes de sobremesas, seguindo a ordem alfabética. Até então, foram: Cupcake, Donut, Eclair (espécie de bomba de chocolate), Froyo (abreviação de frozen yogurt), Gingerbread (pão de alho), Honeycomb (favo de mel), Ice Cream Sandwich (biscoite de sorvete) and Jelly Bean (bala de goma).

 

Android 1.5 Cupcake – lançado em 30 de abril de 2009
Foto: Divulgação

 

Para a versão K, esperava-se que o Android 4.4 fosse chamado Key Lime Pie (torta de limão), e o sistema era chamado de KLP em documentos internos. Mas, segundo Lagerling, o nome KitKat já está definido desde o ano passado. “Percebemos que pouquíssimas pessoas realmente conhecem o sabor da torta de limão. Um dos lanches que sempre temos na cozinha para as madrugadas de programação é o KitKat. Então alguém disse: ‘ei, por que não chamamos a versão de Kit Kat?'”, contou à BBC.

 

“Sinceramente, decidimos em uma hora que íamos dizer, ‘vamos nessa'”, completou o chefe de Marketing da Nestlé ao canal britânico de notícias. Questionado sobre como eventuais problemas com o Android 4.4 poderiam afetar a marca de chocolate suíça, o executivo respondeu que fazer algo diferente “sempre apresenta um risco mais alto do que fazer algo muito mais tradicional”.

 

No Twitter @KitKat, a Nestlé também postou uma imagem anunciando a parceria. No YouTube, a marca de chocolates publicou um vídeo em estilo cômico em que descreve o Kit Kat como se fosse um dispositivo tecnológico, brincando com a forma com que companhias do setor costumam apresentar novos produtos.

Veja o vídeo:

 

[youtube id=”OKOrkLxOBoY” width=”600″ height=”350″]

 

Fonte: Terra

Fifa 14 – Jogo gratuito no Android e IOS

Fifa 14, novo jogo da famosa franquia de futebol, será disponibilizado de graça para Android e IOS. Será possível jogar com mais de 600 times de mais de 30 países diferentes, além de vir com cinco opções de línguas para os comentários durante as partidas. Confira a seguir outras novidades da versão mobile do game.

fifa-14-mobile-imagem1
Fifa 14 (Foto: Divulgação)

As partidas terão uma experiência bastante suave, com um novo sistema de controle adaptado para os dispositivos com telas sensíveis ao toque. Também será possível competir a qualquer momento com seus amigos usando o modo multiplayer online.

Para a experiência offline, o jogo virá equipado com o modo Fifa Ultimate Team (FUT) e Fifa Ultimate Team Seasons, permitindo construir sua lista com os melhores jogadores do mundo, escolher seu estilo de jogo, gerir seu clube e competir para ganhar moedas, que poderão ser usadas na compra de novos jogadores e itens para melhorar sua performance.

fifa-14-mobile-imagem2
Fifa 14 (Foto: Divulgação)

O sistema Football Club Match Day irá conectar sua experiência no jogo com o mundo real. Ou seja, histórias e eventos reais do futebol, como lesões, suspensões e formações do time irão ser refletidos no jogo através de updates regulares, similar ao sistema Match Day, de Fifa 13.

Os fãs que quiserem uma experiência ainda mais profunda, com Fifa 14 poderão fazer um upgrade de seu jogo, permitindo ter acesso a três modos Premium adicionais. FIFA 14 para dispositivos móveis estará disponível até o final de 2013.

Fonte: TechTudo

Mídias Sociais – uma ferramenta poderosa para acadêmicos

Muitas pessoas usam as mídias sociais para o entretenimento – eles ficam em contato com os amigos via Facebook, assistem a clipes engraçados no YouTube ou fazem uploads de seus vídeos e compartilham fotos e histórias online. Mas a mídia social é mais do que apenas uma distração divertida: ela também pode melhorar e sustentar a experiência de aprendizagem de seus usuários.

relacionamento-midias-sociais

Se você estiver navegando na web em seu PC Windows ou acessando aplicativos de mídia social pelo seu smartphone, não subestime o poder das mídias sociais. Elas são uma poderosa ferramenta acadêmica, capaz de melhorar o ensino e conectar idéias e acadêmicos de todo o mundo. Chegando a milhões de pessoas, a web é uma plataforma poderosa para acadêmicos, estudantes, e todos os que estiverem dispostos a ampliar seus horizontes.

Além disso, as universidades podem lucrar com a acessibilidade e o poder das mídias sociais. A maioria dos alunos se sentem confortáveis usando a web e vários aplicativos de mídia social, e os professores só tem a ganhar usando essa familiaridade para melhorar o ensino e a experiência de aprendizagem de seus alunos. O compartilhamento de informações e dados através de plataformas de mídia social proporciona o acesso direto e imediato para os alunos e uma maior facilidade e eficácia na busca de materiais do que mandar os alunos buscarem um livro na biblioteca.

O twitter pode ser usado para resumir os pontos mais importantes, enquanto palestras podem ser enviadas para o Youtube e facilmente disponibilizadas para os alunos e interessados em todo o mundo. O uso de grupos de discussão online incentiva os alunos a entrar em contato e fazer perguntas em um ambiente menos formal – e é algo que eles podem fazer a partir de seu smartphone ou tablet.

Mas a mídia social não pode simplesmente melhorar a aprendizagem, mas também ter um impacto sobre a pesquisa científica. Plataformas especificamente projetadas para o mundo acadêmico ajudam a conectar os acadêmicos de todo o mundo e seus interesses de pesquisa e idéias. Por exemplo, academia.edu tem 3,5 milhões de membros e incentiva os acadêmicos a enviarem seus trabalhos de pesquisa, seguir outros acadêmicos e seus trabalhos, e acessar dados analíticos, a fim de acompanhar o impacto de suas pesquisas. Os usuários registrados podem até encontrar um emprego ou um investidor para o seu projeto.

No entanto, a mídia social pode servir como mais do que apenas uma ferramenta acadêmica para estudantes, professores e pesquisadores. Ela permite que todos tenham acesso a informação e educação na Internet. Sites como o TED proporcionam o acesso a milhares de apresentações e idéias, discussões agitadas e um intercâmbio intelectual mais geral, não restrito a acadêmicos. E quem nunca olhou algo na Wikipedia, só para aprender um pouco mais sobre um assunto mais aleatório?
Isso pode realmente ser o verdadeiro poder das mídias sociais como ferramenta para o mundo acadêmico. Embora possa ser muito útil para os acadêmicos, a mídia social é uma ferramenta educacional inerentemente gratuita para todos os que têm acesso à internet e estão dispostos a aprender.

A anatomia de um celular Android de baixo custo [ilustração]

Pesquisamos a configuração média dos aparelhos de entrada que você pode encontrar no mercado brasileiro por preços entre R$ 300 e R$ 500.

Infográfico - A anatomia de um celular Android de baixo custo [ilustração]Com menos de R$ 300 é possível encontrar hoje um smartphone com Android nas lojas brasileiras. As configurações, é claro, são modestas se comparadas a todas as possibilidades que o sistema operacional oferece quando vem acompanhando de um hardware potente.Essa facilidade do Android de se adaptar a hardwares menos avançados é hoje um dos maiores triunfos do SO. Graças a essa característica, o sistema operacional criado pela Google conquistou praticamente 80% do mercado de smartphones em pouco mais de quatro anos de existência – um feito e tanto.

Mas como andam as configurações dos aparelhos mais baratos disponibilizados no mercado brasileiro? Fizemos um levantamento com os smartphones Android vendidos no Brasil e que custam entre R$ 300 e R$ 500. Listamos as suas configurações médias e traçamos um panorama do que você pode encontrar no mercado gastando o mínimo possível.

Obviamente, é possível encontrar configurações melhores do que essas e também configurações inferiores dentro dessa faixa de preço. O que fizemos aqui é “montar” um Android a partir das opções mais frequentes encontradas entre as dezenas de aparelhos disponíveis no país.

As marcas e fabricantes levados em consideração na nossa análise foram Alcatel, Bak, Digitech, Genesis, Goldpix, LG, Motorola, Samsung, Sony e ZTE.

Fonte: Tecmundo

Android e iOS superam Sony e Nintendo no mercado de games portáteis

O Android e o iOS ultrapassaram os consoles portáteis e agora dominam o mercado de games no segmento, segundo um relatório divulgado nesta quarta-feira (21). À frente do Nintendo 3DS e do Playstation Vita, smartphones e tablets estão caindo no gosto dos gamers. A loja App Store, da Apple, lidera em números de jogos baixados.

iPad Mini com tela Retina só deve chegar em 2014 (Foto: Reprodução/CNET) (Foto: iPad Mini com tela Retina só deve chegar em 2014 (Foto: Reprodução/CNET))
Tablets e smartphones ultrapassaram consoles portáteis (Foto: Divulgação)

A pesquisa do IDC mapeou um crescimento significativo nos downloads de jogos para dispositivos móveis, bem como o aumento de gastos dos consumidores nas lojas virtuais Google Play e App Store. Os jogadores que utilizam o Android, aliás, apresentaram um grande acréscimo em relação ao primeiro trimestre do ano.

Em uma entrevista ao site “All Things D”, o gerente de projetos da Google Play, Greg Hartrell, disse que três em cada quatro usuários do Android utilizam seus dispositivos para jogar. Segundo Hartrell, o crescimento da receita com o sistema do Google tem relação direta com a expansão da loja virtual para 130 países.

A maior parcela de gamers, porém, ainda está na App Store, que completou 5 anos recentemente. Além disso, o provável lançamento de um iPhone mais acessível deve contribuir para que a Apple continue na liderança o mercado de jogos portáteis.

Para tentar reverter esse quadro, a Sony anunciou algumas novidades para o Plastation Vita, durante a feira Gamescom, realizada nesta semana. Entre elas, estão a redução significativa do valor do console e maior interação com o aguardado Playstation 4, que será lançado em novembro.

 

Fonte: Techtudo

Lançamento de GTA V traz novidades para os fãs do game

A apenas algumas semanas do lançamento oficial do game mais aguardado do ano – Grand Theft Auto V –, a Rockstar, empresa responsável pelo desenvolvimento da saga gângster de maior sucesso na história, anuncia que junto com o lançamento do GTA V para os principais consoles em setembro de 2013, também vai liberar a versão otimizada de Grand Theft Auto: Vice City para telefones celulares smartphones Android e iOS.

GTA_5_WALLPAPER-600x337

Enquanto a edição especial de GTA Vice City e GTA V não chegam para outros sistemas operacionais, há ainda outras opções de download de alguns dos jogos da série. Para smartphones BlackBerry há versões adaptadas por desenvolvedores do game Grand Theft Auto IV disponíveis na Appworld. A versão IV do jogo é a que teve a maior repercussão da indústria do entretenimento. Em seu lançamento, em 2008, o jogo arrecadou 310 milhões de dólares, batendo o recorde de vendas. Nem mesmo os blockbusters arrasa-quarteirões como Harry Potter e Homem-Aranha conseguiram tal façanha.

A edição de 10 anos, que estará disponível para smartphones e tablets, vai incluir funções exclusivas para mobile, como uma interface de usuário totalmente customizável e intuitiva, assim como novos controles de câmera, novas texturas e gráficos, com uma resolução de qualidade impecável, bem parecida com a dos consoles.

O lançamento faz parte da série comemorativa de 10 anos do jogo, que inclui desenhos e esboços do game nunca antes revelados, assim como um novo trailer, trazendo as cenas mais icônicas do jogo, assim como as músicas e artistas mais populares. A Rockstar também vai lançar uma série de itens para colecionadores, que poderão ser adquiridos através da sua loja virtual, a Rockstar Warehouse. Entre os produtos, há desde bonequinhos no estilo toy art com os personagens do jogo, a camisetas e bótons.

Para quem não conhece o clássico game GTA Vice City, o jogo remonta a Miami dos anos 80, com suas disputas entre gangues cubanas, políticos corruptos e prostitutas de todo o tipo – além de, é claro, muitos carrões estilosos e música de primeira. O anti-herói desta edição é o mafioso Tommy Vercetti, que desfila ternos em tom pastel e muita discórdia entre os criminosos da ensolarada Vice City. Mesmo após este jogo ter sido lançado há uma década atrás, é ainda um game muito divertido, que merece lugar de destaque entre a nova geração de gamers de smartphone e tablets.